O Filho da Dona Anastácia (2ªversão)

6ª Criação

Seguindo a linha iniciada com o espectáculo “Mãe Preta”, a ESTE propõe-se continuar a abordar questões que focam os valores essenciais ao viver em sociedade, confrontando o publico com outras realidades, com outras vidas, com personagens nascidas noutras culturas, mas que partilham com cada um de nós as mesmos necessidades, os mesmos receios, as mesmas ambições.

“O filho da dona Anastácia” é também a história de uma mãe preta, (emigrante num país onde as oportunidades de sucesso são maiores, mas que ainda assim se conquistam à custa de muito trabalho e persistência) que não se poupa a esforços para dar um futuro bom ao seu filho, ao seu codê. Um espectáculo assente na comicidade mantendo contudo uma vertente humana e tocante.

A ESTE pretende com a continuidade deste projecto avançar no seu objectivo de criar e formar públicos, fazendo com que o teatro não seja um objecto estanque, mas que pelo contrário se torne numa parte viva e dinâmica no quotidiano de todos os que nele participarem. Com este novo espectáculo, a ESTE cursa o princípio que desde a sua formação abraçou: devolver ao teatro a sua linguagem pura e específica, onde texto, gesto e máscara, luz, acção e música colaboram na criação de um encontro único, irrepetível e mágico.

Texto e dramaturgia: Nuno Pino Custódio e Sandra Horta
Encenação e espaço cénico: Nuno Pino Custódio
Figurino e caracterização: Marta Carreiras
Desenho de luz: Pedro Fino
Selecção musical: Alexandre Barata
Fotografia: António Supico

Interpretação: Sandra Horta e Patrícia Portugal

Espectáculo estreado a 27 de Março de 2007 na Moagem – Cidade do Engenho e das Artes (Fundão)