Cinema Mudo

8ª Criação

“Senhoras e senhores. Ponham-se confortáveis nos seus lugares para entrar neste grande espelho do tempo!”

Cinema Mudo, sem palavra. Exaltação do movimento e da cinética.
É este o ponto de partida de um espectáculo que se desenvolve em duas realidades paralelas que se reflectem.
De um lado está a recriação ao vivo de um filme mudo dos anos 20, que narra as aventuras e desventuras do casal Famish, fazendo por sobreviver em tempos de crise.
Do outro lado, e fazendo uso da Máscara, estão os “Anfitriões do Cine-Teatro”, os quais, no meio da precariedade em que se encontram, criam uma ponte contínua entre a cena e o público, resolvendo o conflito em leitura tragicómica.
Cinema Mudo, entrelaçando o cinema com o teatro, faz do espectador cúmplice ao propor-lhe uma radiografia social que reflecte a actualidade do tema, espelho do tempo a que pertence.

Encenação, Cenografia e Máscaras: Bernardo Rey
Dramaturgia: Nube Sandoval, Bernardo Rey
Edição Vídeo: Luís Teixeira
Direcção Musical: David Miguel
Desenho de Luz e Operação: Pedro Fino
Fotografia: António Supico
Confecção de Figurinos: Alfaiataria Juvenal, Nela Atelier
Costureira: Lurdes Fortunato
Montagem de Cenários, Serralharia e Carpintaria: Manuel Leandro, Pedro Fino
Edição e Sonoplastia: Alberto Lopes
Design Gráfico: We Are One
Os Temas “Misty” e “La Comparsita” foram gravados por:
David Machado, Clarinete
Paula Galhano, Violino
Alexandre Barata, Sax alto
Carlos Branco, Contrabaixo

Direcção de Produção: Alexandre Barata
Direcção Artística: Nuno Pino Custódio

Interpretação: Nube Sandoval, Pedro Diogo, Sérgio Fernandes, Alexandre Barata

Agradecimentos: João Couto, Hugo Domingues, Claudian Dobos, Miguel Rainha, Esmeralda Tavares, Marta Correia, Alberto Lopes, Alberto Diogo, João Caria, Luca, Regina Barata, Paulo Ramos, Vabrisotel, Escola Secundária do Fundão, Prof. Estevão Lopes, Zé Romão e Associação Comercial e Industrial do Concelho do Fundão.

8ª criação da ESTE / Novembro de 2008